Por Quem Não Devemos Orar?

Atualizado: 17 de Out de 2018

Há dois textos que falam diretamente sobre o assunto da oração, de forma muito peculiar: 1 João 5.16 e Jeremias 7.16. O que ocorreu no caso de Jeremias, foi o pecado da adoração a outros deuses, provocando a ira de Deus. O povo de Judá estava “cansando” a longanimidade de Deus, então, Ele pede para que não orem mais, porque não ouviria. No versículo 20 do mesmo capítulo de Jeremias, Deus diz que derramará seu furor sobre os homens. Em 1 João 5.16, lemos que “há pecado para a morte, e por esse digo que não ore”. É importante saber que em ambos os textos, estamos falando em relação ao povo de Deus. Em Jeremias, é ao povo de Judá, e em 1 João, é à igreja.


Em Jeremias, Deus fala sobre uma situação bem definida de uma oração que Ele não ouvirá: a idolatria. Já em 1 João, não fica claro qual é o pecado para a morte, pelo qual não devemos orar. Para nós, que estamos debaixo da graça, esse texto tem muito a ver com a igreja, sendo notável que existe pecado para a morte. No versículo 17, lemos que há pecado que não é para a morte e no 18 diz que “o que é nascido de Deus não vive pecando”. Não há dúvidas de que, aquele que vive pecando, não abandona esta prática e permanece rebelde à igreja; está inserido naqueles por quem não devemos orar, porque a disciplina de Deus já foi decretada, após várias oportunidades de arrependimento.


Não seriam esses a quem Deus recomenda para que não oremos? Orar para quê? Não seria Deus dizendo, conforme encontramos em Jeremias 7: “A minha irá se derramará sobre eles”. Foram eles que provocaram a minha ira! Um membro, que não ouve a igreja, é como aquele que chama para si a ira de Deus. É Deus dizendo: “Não adianta mais orar, a minha disciplina será aplicada. Suas orações não mudarão o modo como o disciplinarei”. A forma de disciplina de Deus é única. Em 1 João, aprendemos sobre a morte, que pode ser espiritual ou até física. Olhando para Romanos 6.23, que diz: “Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor”, está óbvio que o pecado leva à morte. Para se livrar da morte causada pelo pecado, só há uma saída: aceitar Jesus, que é o único meio! Não seriam os disciplinados para a morte os que nunca experimentaram a graça salvadora de Cristo? A situação deles é extremamente difícil, à luz do que diz 2 Pedro 2.21-22: “Porque lhes teria sido melhor não haver conhecido o caminho da justiça do que, depois de conhecê-lo, darem as costas ao santo mandamento que lhes havia sido dado. Desse modo, aconteceu-lhes o que diz este provérbio verdadeiro: O cão volta ao seu vômito, e a porca lavada volta a revolver-se no lamaçal”.


Todos cometemos pecado, mas alguns permanecem vivendo acomodados no pecado. É impossível! “Filhinhos, ninguém vos engane: quem pratica a justiça é justo, assim como ele é justo; quem vive habitualmente no pecado é do Diabo, pois o Diabo peca desde o princípio. Para isto o Filho de Deus se manifestou: para destruir as obras do Diabo” (1 João 3.7,8).


#pastormendes

#pastorais

8,960 visualizações

Prega a Palavra, insiste a tempo e fora de tempo, aconselha, repreende e exorta com toda paciência e ensino

2 Timóteo 4.2

© 2020 pela Associação Bíblica Pregue a Palavra
R. Santo Rosa, 96 - Jardim Alvinópolis, Atibaia - SP - Brasil, 12943-050

CNPJ: 15.156.924/0001-59 

Secretaria: (11) 4412.6679

Entregas de compras em até 15 dias

  • Facebook Clean
  • White YouTube Icon