Por que a interpretação bíblica é importante?

por Craig Parro



Tornei-me crente em 1970, enquanto calouro na Universidade de Illinois. O início dos anos 70 foi uma época de grande colheita espiritual nos campus universitários de todo o país, e Deus, em sua grande misericórdia, me incluiu.


Alguns meses depois, comecei a receber cartões postais de Chuck, um jovem que morava conosco. Minha mãe era professora de inglês do ensino médio com um coração enorme. Ela acabou dando boas-vindas a estudantes problemáticos em nossa casa ... algumas vezes por alguns dias ou, como no caso de Chuck, por vários meses. Quando Chuck nos deixou, ele estava perdido ... tentando encontrar seu caminho na vida. Mas então esses cartões postais chegaram cheios de versículos da Bíblia. "Legal!" Eu pensei. "Chuck se tornou um crente como eu". Um cartão postal me trouxe muita alegria. Chuck nos informou que iria nos visitar no feriado de Ação de Graças.


Sem o nosso conhecimento, Chuck havia se juntado a uma seita, os Filhos de Deus. Quando ele chegou, ele começou a explicar que, se eu realmente amava Jesus, me juntaria ao grupo deles. Permanecer na escola não era uma opção se eu fosse um seguidor sério de Cristo. Universidades e corporações faziam parte do sistema mundial. Seguidores genuínos devem abandonar o mundo e se unir aos únicos crentes verdadeiros, os Filhos de Deus.


Eu estava confuso, então convidei Gerry, um colega que estava me discipulando, para se encontrar com Chuck. Gerry também ficou confuso e, eventualmente, nós dois ficamos convencidos de que deveríamos abandonar a escola e nos juntar a eles. Quando eu disse a minha mãe que estava saindo para me juntar aos Filhos de Deus, isso partiu seu coração. Mais tarde, ela me disse que foi a experiência mais dolorosa de sua vida, quase tão devastadora para ela quanto a morte de meu pai, alguns anos antes.


Mas o que eu poderia fazer? Chuck e seus amigos me lembraram que Jesus disse que para segui-lo, devemos odiar nosso pai e mãe. Os Filhos de Deus incentivaram seus novos membros a tirar de suas famílias o máximo de dinheiro possível, além de carros e outros objetos de valor. Afinal, quando Israel deixou o Egito, eles pegaram "os despojos do Egito e saquearam os egípcios". Saí no fim de semana do sábado de Ação de Graças, dizendo à minha mãe que nunca mais a veria.


A lavagem cerebral começou na primeira noite com o culto. Eles começaram a me doutrinar com cinco estudos bíblicos diferentes. Na manhã seguinte, acordei confuso, exausto e assustado. Procurei o Senhor nas Escrituras e li: “Para aqueles que guiam esse povo, eles o desviam; E aqueles que são guiados por eles são confundidos.” (Isaías 9:16) Infelizmente, eu não tinha certeza de que líderes estavam me desviando ... eram meus líderes do campus ou os Filhos de Deus???


Deus em sua grande misericórdia me libertou do culto naquele dia. Milagrosamente, meu irmão mais velho e alguns amigos do campus conseguiram me encontrar e me resgatar. Mas lembro-me de voltar para a universidade com confusão e vergonha enchendo minha alma. Enquanto um amigo do campus dirigia, abri minha Bíblia e descobri Efésios 4:14: “… para que não sejamos mais crianças, jogadas de um lado para o outro pelas ondas e levadas por todo vento de doutrina, pela astúcia humana, pela astúcia em esquemas fraudulentos”.


Naquele longo e preocupante caminho para Champaign, Illinois, começou a formar em mim uma convicção de que eu precisava me dedicar a estudar, aprender e amar a Palavra de Deus. Deus usou minha experiência com os Filhos de Deus para me moldar profundamente ... para o bem.


A interpretação bíblica importa? Não consigo pensar em nada que importe mais.


Craig Parro

Craig foi diretor internacional da Leadership Resources International desde o seu ingresso no ministério em 1989. A partir de janeiro de 2010, ele passou a atuar como Presidente. Formado em TEDS (M.A., Missão), Craig é um professor estimulante e tem capacitado e incentivado pastores e igrejas nos EUA, América Latina e Ásia. Craig também atua no Conselho de Administração da TOPIC (Coalizão Internacional de Formadores de Pastores), uma associação de organizações de treinamento pastoral focada em acelerar o treinamento pastoral em todo o mundo. Craig é autor de artigos que aparecem em várias revistas. Seu primeiro livro, Unlikely Warriors, foi publicado em 1992. Ele também é co-autor de Finishing Well in Life and Ministry: God's Protection from Burnout.


Fonte: www.leadershipresources.org

Traduzido com permissão

Título original: Why does biblical interpretation matter?

Tradução: Nelson Galvão


#pregaçãoexpositiva

#princípiohermenêutico

#princípiohermenêutico

292 visualizações

Prega a Palavra, insiste a tempo e fora de tempo, aconselha, repreende e exorta com toda paciência e ensino

2 Timóteo 4.2

© 2020 pela Associação Bíblica Pregue a Palavra
R. Santo Rosa, 96 - Jardim Alvinópolis, Atibaia - SP - Brasil, 12943-050

CNPJ: 15.156.924/0001-59 

Secretaria: (11) 4412.6679

Entregas de compras em até 15 dias

  • Facebook Clean
  • White YouTube Icon