Por que pregar macro-exposição de um livro da Bíblia?

Atualizado: 17 de Jul de 2019

por Kevin Halloran |


Pregadores querem que seu povo ame a Palavra de Deus. Eles também querem crescer como pregadores e manter seu calendário de pregações renovado. Pregar um livro inteiro da Bíblia em um sermão é uma maneira de realizar todos esses três objetivos e pode valer a pena acrescentar ao seu repertório de pregação. Aqui estão algumas razões:


1- A macro-exposição de um livro da Bíblia encoraja o comprometimento da congregação com a Bíblia.

Todos os pregadores devem querer que suas pregações gerem respostas como: “Eu posso ler isto por mim mesmo!” Quanto mais a exposição do seu povo a diferentes partes da Escritura, melhor. Trabalhar em macro-exposição de livros da Bíblia permite que você associe outras partes da Escritura que normalmente não cobriria.


2- A macro-exposição de um livro da Bíblia acrescenta mais variedade no cronograma de pregação.

Se você já ficou atolado pregando consecutivamente através de livros inteiros, você pode pensar em fazer uma pausa em sua atual série e pregar uma visão geral de outro livro como uma maneira de associar as coisas.


3- A macro-exposição de um livro da Bíblia ajuda a mostrar diferentes contornos do livro que às vezes são perdidos em uma exposição normal.

Aproximar-se da Bíblia com uma lente mais ampla revela as grandes ideias de um livro, transições e outros detalhes vitais para a mensagem do livro. Pregação mais atomística corre o risco de perder a floresta e meio às árvores - ou mesmo as folhas das árvores. Ensinar a Bíblia atomisticamente pode levar nosso povo a ler a Bíblia atomisticamente. Diminuir o zoom para ver o livro inteiro lembra aos ouvintes que Deus moveu os autores a escrever livros inteiros com mensagens coerentes, não com coleções de versos dispostas de maneira imprecisa.


4- A macro-exposição de um livro da Bíblia faz o pregador crescer.

O pastor Paul Alexander comentou: “Eu mesmo aprendo muito como um pregador preparando os sermões macro-exposição. Eu aprendo tanto o conteúdo do livro quanto um método diferente de estudo, e o meu aprendizado dessas maneiras ajuda minha congregação a aprender dessa maneira também. ”[1]


5- A macro-exposição de um livro da Bíblia ajuda a ver como o livro testifica a Cristo em seus macro-temas e estrutura.

Toda a Escritura testifica a Cristo. O foco em livros inteiros permite que os pregadores expliquem mais facilmente como as ideias mais importantes nos livros nos apontam para Cristo. O livro da batida constante dos juízes de: “Naqueles dias não havia rei em Israel. Todos fizeram o que estava certo aos seus próprios olhos ”(Juízes 21:25) aponta para Cristo, o Rei Prometido da tribo de Judá. As palavras de José perto do final de Gênesis, “você planejou o mal contra mim, mas Deus o transformou em bem” (Gênesis 50:20), resumem não apenas um tema principal do livro, mas um tema principal da Bíblia - um cumprimento quando a crucificação do homem de Cristo abre a porta para a salvação do pecador.


Respondendo à potenciais oposições


Oposição # 1: Mas. . . você não vai cobrir tudo que um livro tem a oferecer em um sermão!


Não é esse o caso com todos os textos do sermão, afinal? As Escrituras têm uma profundidade ilimitada de riquezas, não importa o tamanho do texto que você escolher para pregar. Ocasionalmente, aspergir os sermões em livros ajudarão a tornar mais partes da Bíblia acessíveis ao nosso povo, para que possa descobrir suas riquezas por si mesmo.


Oposição # 2: Mas... Demora tanto tempo!


Sim, leva tempo e é trabalho duro. Considere a recomendação do pastor Paul Alexander:

“A principal desvantagem é que, se você nunca fez isso antes, pode tornar mais difícil o trabalho do que é (tanto preparar-se para isso quanto para a sua congregação ouvi-la!) Escolhendo um livro longo em vez de um curto... Então comece pequeno e trabalhe o seu caminho até os livros maiores, se você é inexperiente. Comece com uma epístola curta do Novo Testamento como Filemom ou Judas, ou 3 João, depois um livro como Filipenses, depois tente um pequeno profeta do AT como Obadias, ou Ageu, então se gradue em Rute, etc. . . Os maiores profetas, os Evangelhos e os Salmos devem estar entre as últimas macro-exposições que os pregadores fazem. ”[2]


Kevin Halloran


[1] Citação retirada de um e-mail pessoal com Alexander em 30 de maio de 2018.

[2] Ibid.


Estrategista/Treinador de Conteúdo da América Latina da Leadership Resources International.










Fonte: Leadership Resources International. Website: www.leadershipresources.org

Traduzido com permissão. 

Título original:  Why Preach Overviem Sermons of Bible Books

Tradução: Nelson Galvão


#pregaçãoexpositiva


Confira também:


Pregação para as necessidades percebidas X Exposição Consecutiva: O que é melhor para o povo de Deus

0 visualização

Prega a Palavra, insiste a tempo e fora de tempo, aconselha, repreende e exorta com toda paciência e ensino

2 Timóteo 4.2

© 2017 por Ministério Pregue a Palavra
R. Santo Rosa, 96 - Jardim Alvinópolis, Atibaia - SP - Brasil, 12943-050

Secretaria: (11) 4412.6679

  • Facebook Clean
  • White YouTube Icon